Of Monsters and Men – My Head is an Animal (2011)

É com grande pesar que deixarei de assistir a apresentação de Of Monsters and Men no Lollapalooza 2013. A banda – ainda tão em comecinho de carreira – lançou um dos álbuns que figura facilmente entre os meus favoritos dos últimos cinco anos.

Mas quais as razões para destacar Of Monsters and Men em um cenário com TANTAS bandas de indie folk? Bem, por onde começar? Eu poderia apontar para a delicadeza e qualidade dos dois vocalistas que fazem um trabalho de dar a inveja a bandas veteranas. Ou para as melodias dedicadas e intoxicantes de cada uma das 11 faixas do disco. Para as letras igualmente sensíveis e divertidas que parecem inspiradas em um realismo fantástico com ecos de um Gabriel Garcia Marquez, ou mesmo de um Miguel Cervantes. Ou finalmente, para a qualidade das harmonias e do instrumental em geral que dá o destaque merecido a cada um dos cuidados instrumentos acústicos e de sopro que compõem as delicadas canções.

Com grande dificuldade, destaco, entre tantas faixas excepcionais: Dirty Paws, King and Lionheart, Little Talks e Love Love Love. Mas confesso que poderia, facilmente, ter destacado a metade das faixa que deixei de fora, tamanha a qualidade deste álbum. Meu conselho, deste modo, é só um: faça um favor a si mesmo e se deixe levar por esta deliciosa revelação chamada Of Monsters and Men.

Nota: 9,0

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s