5 Bandas Que Gostaríamos de Ver em 2013 pt. 2

E eis que, no primeiro post de 2013, vamos celebrar ou renovar nossas esperanças de ver certos grupos/artistas que atualmente não estão em negociação (ou ainda não vazou nada na mídia sobre isso), mas que gostaríamos de ver por aqui:

1. Dido

Dido foi um dos grandes nomes da cena britânica no início da década passada, após a expressiva vendagem de seus dois primeiros álbuns – “No Angel” (1999) e “Life For Rent” (2003). Após a turnê do último, no entanto, Dido deu uma pausa nas suas atividades como cantora, lançando apenas um álbum – o discreto “Safe Trip Home” (2008) – e muitas esperanças de uma nova turnê. Aparentemente, os planos da cantora para 2013 são diferentes, pois em alguns meses chega às lojas seu quarto disco, “The Girl Who Got Away”. Quem sabe, com ele uma turnê e uma passagem em um certo país onde ela têm muitos fãs que nunca tiveram a oportunidade de vê-la ao vivo.

2. Jack White

Desde que saiu do White Stripes, Jack White tem levado sua carreira como bem deseja, o que vem gerado bons frutos. Seu último lançamento, “Blunderbuss”, têm sido bastante especializado pela crítica especializada (e por nós), com sua proposta retrô em canções sujas que resgatam os primórdios do rock dos anos 60 e 70. Em tempos onde o mercado de festivais tem crescido bastante, sera bastante interessante tê-lo como um dos headliners.

3. The Cranberries

Têm pouco tempo que a banda irlandesa passou por terras brasileiras, mas na ocasião ainda não havia um álbum como “Roses” (2012), trabalho recheado de pequenas pérolas que grudam na cabeça do ouvinte em todos os momentos que o CD deixa a gaveta. O álbum não tem sido nomeado nas principais categorias de premiação, mas na opinião desse blog é um dos grandes trabalhos de 2012. Novamente, seria uma ótima opção para headliner de alguns festivais.

4. Peter Buck

Quando o R.E.M. se separou no final de 2011, três dos integrantes declararam aposentadoria, menos Peter Buck. Livre das amarras sonoras características de uma banda, Peter Buck entregou em 2012 um álbum com sonoridade bastante distinta de sua ex-banda – embora seja inevitável encontrar um pouco de R.E.M. em alguns solos, arpejos e baladas. Talvez essa última opção sofra um pouco em termos de público, mas como um eterno fã de seu estilo de tocar guitarra, gostaria de vê-lo em algum festival por aí.

5. Adele

Muito se falou acerca de uma passagem de Adele em terras brasileiras no meio de 2012, mas a maternidade, o cansaço e a vontade de arrumar sua vida deixaram isso de lado. Adele no momento está apenas sendo mãe – e compondo nas horas vagas – , sem nenhum plano definido acerca de um novo álbum e turnê. Mas público não faltaria, e o Brasil não seria uma má opção caso ela pense em reaquecer suas cordas vocais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s