Canções Notáveis – “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos”, Roberto Carlos (1971)

De vez em quando algumas pessoas acusam Roberto Carlos (e um ou outro personagem) de ter sido conivente com a ditadura militar. Afinal, enquanto Chico Buarque cantava “Cale-se” e Gilberto Gil “Aquele Abraço”, Roberto fazia a sua carreira como cantor romântico. Esse tipo de pensamento é uma bobagem, por duas razões: 1. protestar contra o regime era algo perigosíssimo, e muitos que assim o fizaram foram ignorados e até denunciados pelos mesmos que hoje glorificam a sua coragem. Em tempos de alienação política, é curiosa essa exigência política para os tempos passados.

A segunda razão pode ser bem explicada por George Orwell em seu clássico “1984”. Em tempos de ditadura e rígido controle do comportamento dos cidadãos pelo governo, um simples gesto de afeição se transforma em ato político. Sob esse prisma, é inegável que “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos”, clássico absoluto do cantor que mais vendeu discos da América Latina, ganha uma força política significativa.

A canção foi escrita em um momento de definições na carreira de Roberto. Após se consagrar como o “rei da juventude” (daí a origem do termo “rei” utilizado até hoje para se referir a ele) nos anos 60, Roberto sentiu a necessidade de mudar os rumos da sua carreira, em virtude do enfraquecimento do rock, cada vez mais sendo visto como um estilo de desordeiros. “Roberto Carlos”, álbum de 1971, deu uma forte guinada na carreira de Roberto como cantor romântico, se tornando um clássico da música brasileira por portar músicas do calibre de “Detalhes”, “Todos Estão Surdos”, “Amada Amante”… E “Debaixo dos Caracóis…”.

A canção é uma homenagem à lá “Gonçalves Dias” a Caetano Veloso, o cabeludo encaracolado em questão, expulso do país em 1969 e exilado em Londres. A canção é uma reação ao sentimento de tristeza de Caetano por estar distante de seu país, uma conversa onde um amigo busca reanimar o ausente. “Um dia a areia branca teus pés irão tocar… E vai molhar seus cabelos a água azul do mar”. “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos, um soluço e a vontade de ficar mais um instante”. Uma simples, delicada e emocionante canção sobre a distância do que lhe é familiar, do que está fora de alcance. Um amigo distante porque o governo o expulsou.

Emocionado com o gesto, Caetano também gravou a música mais tarde, e de vez em quando junta-se ao palco com Roberto Carlos para ambos entoarem a canção. “Debaixo dos Caracóis…” é a laço que cela a amizade entre dois grandes compositores da música brasileira, e também um lindo retrato do cenário musical brasileiro dos anos 70.

Anúncios

2 thoughts on “Canções Notáveis – “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos”, Roberto Carlos (1971)

  1. Cálice é uma música de Gilberto Gil, salvo o engano….E Roberto Carlos é um dos maiores compositores da história, pena que tenha se perdido nesses últimos 20 anos e feito muita música merda….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s