Como Conhecer a Discografia de um Artista?

Às vezes, apenas os hits não bastam, e percebemos que gostaríamos de conhecer a obra completa de determinado artista ou grupo. Tal tarefa pode ser simples quando se tratam de bandas mais jovens, com até 4 ou 5 discos lançados, mas por onde começar quando a banda possui tantos e tantos anos de carreira e dezenas de álbuns? Embora seja maravilhoso conhecer novas e boas músicas, o processo pode ser bastante trabalhoso, cansativo e até desestimulante.

Claro que não existe um único método para conhecer a obra inteira de um artista… E não há a menor pretensão de moldar aqui leis escritas em tábuas para viajarem o mundo. Mas gostaria de compartilhar um método simples para penetrar a obra de determinados artistas. Para isso, trazemos 5 dicas rápidas para conhecer a extensa discografia de alguém com o mínimo de esforço possível.

1. Saia o mais rápido possível das coletâneas

Coletâneas são bacanas para conhecer os principais hits e dar algumas dicas sobre as mudanças de sonoridade da carreira como um todo, mas nada além disso. Coletâneas reúnem gravações de épocas diferentes num único CD, desvirtuando-as de seu contexto, época e pensamento em que a canção surgiu. Podem ser boas para começar, mas o preço para a profundidade envolve largá-las.

2. Procure ver set-lists de shows da banda/Artista

Se a maioria das coletâneas são superficiais, a lista de canções que a banda/artista toca no show podem representar um primeiro mergulho pois, ao lado dos hits já conhecidos, podem estar também canções não tão conhecidas pelo público mas que o artista gosta, ou coisas não tocadas há muito tempo que voltam. Existem ótimos sites com bancos de dados de set-lists na internet, sendo o melhor deles o setlist.fm.


3. Comece pelo álbum com mais músicas conhecidas

À essa altura, em torno de 30 ou 40 canções das mais variadas épocas já são conhecidas, o que por si só já é um ótimo número para começar o mergulho nos álbuns. Conheça os títulos dos álbuns, as capas e os tracklists. Quanto mais canções conhecidas o álbum tem, mais haverá intervalos de alívio para a postura que se deve ter quando se conhece um som novo.

4. Conheça os outros álbuns também “clássicos”

É muito provável que o passo 3 leve o ouvinte a ouvir um álbum dito “clássico”, aquele responsável por alavancar a carreira do artista/banda, ou onde sua obra se solidificou, e por aí vai. Dependendo da qualidade do artista, existem dois ou três álbuns nessa categoria. Existem também aqueles álbuns que, apesar de ter pouco impacto em um público amplo, é bastante querido pelos fãs mais próximos. É sempre preciso se informar.

5. Dedique-se aos menos conhecidos e primeiros álbuns

Esse é o último passo, pois a essa altura já se conhece muita coisa. Eu recomendo que se escute os primeiros álbuns somente nesse ponto pois, em geral, são trabalhos menos maduros musicalmente (embora, claro, têm artistas, especialmente os mais recentes, que acertam o bumbo já no primeiro tiro). O ouvinte também já conhece as características da obra, tornando-o mais disposto a ouvir os álbuns menos conhecidos, que em geral estão cheio de pérolas escondidas sob o mantra das canções mais conhecidas. É a fase mais gostosa pra quem realmente curte música, pois nunca termina (afinal, sempre há material inédito sendo lançado, mesmo que o artista já tenha falecido há tempos).

Anúncios

One thought on “Como Conhecer a Discografia de um Artista?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s