Anthrax em Porto Alegre, 25/04/2012

Image

O Anthrax é uma banda muito querida pelos fãs de Thrash Metal. Compondo juntamente com Metallica, Megadeath e Slayer a elite do gênero, estes quatro grupos são conhecidos no mundo da música como Big Four. Pessoalmente, considero o Anthrax a segunda melhor banda dentre as citadas, perdendo apenas para o Metallica que, graças aos deuses do metal, também já pude ver ao vivo.

De qualquer modo fiquei apreensiva alguns dias antes do show porque, sem aviso nenhum, a produtora transferiu a apresentação de lugar – de um ginásio para um teatro. Fiquei preocupada com a questão espacial – um show de metal em um teatro? Para mim era evidente que isso não funcionaria. Mas o bom senso da produção de desmontar todas as cadeiras do lugar funcionou perfeitamente dando uma idéia de que o ambiente tinha uma capacidade perfeitamente adequada ao público esperado. E não era um público grande – calculo que algo em torno de duas mil pessoas, ou talvez três mil.

De qualquer modo a mudança de local me proporcionou ficar muito perto do palco. Dois dias depois do evento minha audição ainda não se encontra totalmente recuperada – o espaço modesto e as caixas de som gigantescas fizeram bem seu trabalho de entregar uma acústica de primeira qualidade. Mas antes de prosseguir me sinto na obrigação de fazer um comentário sobre o que acredito ser o ponto mais forte das apresentações atuais do Anthrax: Joey Belladonna. Em minha longa estrada de performances ao vivo esta foi a primeira vez em que vi um vocalista soar MELHOR ao vivo do que em estúdio. Sim. Estamos falando, oficialmente, de um dos cantores mais escr*t*s do Heavy Metal.

O resto da banda entregou um show a altura de seu vocalista. Sempre simpáticos, interagiam com o público, incitavam a participação nas músicas, citavam nomes de cervejas nacionais para mostrar o bom português, e explicavam um pouco do histórico de suas canções mais antigas para um público mesmerizado.

Image

Com um show sem atrasos e um setlist de dar inveja pela primazia das escolhas o Anthrax veio a Porto Alegre para um jogo previamente ganho. Isso não os impediu, no entanto, de homenagear o público com um excelente cover do Sepultura e clássicos de seu primeiro álbum como Deathrider e Metal thrashing Mad.

O que encontrei no palco aquela noite foi uma banda com 30 anos de carreira e cada vez mais apaixonada por seu próprio trabalho e por seu seleto público. Talvez o Anthrax não goze da popularidade ou mesmo da sofisticação musical do Metallica. Mas é certo que possui fãs tão devotos e comprometidos quanto. E cada um deles saiu do teatro com uma imensa sensação de satisfação naquela noite.

Setlist pra quem quiser conferir: http://www.setlist.fm/setlist/anthrax/2012/teatro-do-bourbon-country-porto-alegre-brazil-7bde5ab8.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s