Madonna – MDNA (2012)

Image

Com o lançamento do 12º álbum de sua carreira muitos se perguntaram se, em um mercado saturado de cantoras pop, Madonna conseguiria se manter relevante.

Eu digo: Madonna, como outros artistas consagrados, não precisa ter esse tipo de preocupação. Esta é uma apreensão de quem ingressou há pouco tempo na indústria musical; de quem precisa se manter na mídia para lotar um show – fonte principal de renda de músicos no presente cenário.

MDNA é um bom álbum. Um pop-pista-de-dança onde metade das canções poderia facilmente virar hit. Felizmente, para além das batidas dançantes e letras pegajosas nos deparamos com algumas canções mais ousadas, pensadas para polemizar, como é o caso de Gang Bang. Já sabia previamente que uma das músicas do CD havia sido escrita em parceria com o Mika. Não tive dúvidas quando escutei Gang Bang de que esta era a tal canção.

O álbum joga sua melhor carta logo de início: Girl Gone Wild. Se a princípio a música parece muito roteirizada, algumas ouvidas mais atenciosas trazem a tona sua personalidade. As batidas de house e electro caem como uma luva na letra simples e libertadora de Girl Gone Wild. É difícil resistir ao ritmo deste single, e em se tratando de uma canção pop, isso é sinal de que aqui foi feito um bom trabalho. O videoclipe da canção é cheio de autoreferências a carreira da cantora, bem como o próprio disco, e mereceria uma análise a parte.

O CD segue com a estranha e polêmica Gang Bang. Não posso negar que há algo atrativo nesta parceria entre Mika e Madonna, e que a canção poderia render um bom videoclipe ou uma performance mais teatral e elaborada ao vivo. Com o início da turnê do MDNA muito em breve saberemos qual será o destino desta música.

Em seguida vem I’m Addicted com uma batida bem contemporânea, mas descartável por sua similaridade com dezenas de outros singles que vemos por aí. A canção irregular é seguida pela excelente Turn Up the Radio, uma música simples e refrescante com uma deliciosa vibe anos 80 – o tipo de pop direto que apenas Madonna ainda consegue produzir na segunda década do século XXI.

Give Me All Your Luvin’ foi o primeiro single do CD. Uma canção apenas regular, a meu ver, mas que trás as participações de duas cantoras mais novas que transitam ali na fronteira do pop e do hip-hop: Nicki Minaj e M.I.A. A escolha de lançá-la como música de divulgação, no entanto, parece acertada: as duas participações e o visual Glee do videoclipe servem ao propósito de atrair um público mais jovem.

Some Girls e Superstar são canções regulares tipicamente fillers e, como tais, colocadas em uma posição estratégica na metade do álbum. São seguidas pela divertida I Don’t Give a que lembra muito uma Madonna de American Life. I’m a Sinner, que vem logo em seguida, também diverte com seu estilo pista de dança, mas livre das batidas eletrônicas tão presentes nas últimas décadas. Podemos esperar um remix dela tocando em breve nos clubes e boates.

Love Spent vem representar as canções sobre corações partidos, mas sem abandonar o ritmo dançante. Masterpiece representa, nesse cenário, a balada – Madonna, afinal, é famosa por cantar excelentes canções deste tipo como Take a Bow e Frozen. Masterpiece não é, de modo algum, uma destas baladas de qualidade, mas Falling Free, que se segue a ela, é.

Na década passada a rainha do pop lançou quatro bons álbuns, sendo os dois mais recentes verdadeiramente excelentes: Music (2000), American Life (2003), Confessions on a Dance Floor (2005) e Hard Candy (2008). Em comparação com seus ótimos predecessores MDNA deve ficar marcado como um trabalho divertido, porém regular. Felizmente para a cantora, sua carreira é sólida demais para que isso se torne motivo de preocupação. Minha previsão é de que MDNA terá uma turnê muito bem sucedida, onde o álbum em si será apenas coadjuvante de suas performances ao vivo.

Anúncios

One thought on “Madonna – MDNA (2012)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s