“Iron Maiden En Vivo”, Iron Maiden (2012)

Em 2005, Bruce Dickinson, vocalista da lendária banda de heavy metal britânica Iron Maiden, havia anunciado a intenção da banda de lançar um CD/DVD ao vivo a cada álbum de estúdio lançado (fonte aqui). Com exceção do disco de estúdio “A Matter of Life And Death”, de 2006, a promessa vem sendo cumprida. Ao mesmo tempo em que essa medida desvaloriza os registros ao vivo, na medida em que são muitos e sempre possuem um mesmo set list base (afinal, é a mesma banda), isso também permite ao fã mais ortodoxo a oportunidade de acompanhar a trajetória da banda no palco. Pessoalmente gosto muito de bandas com vários registros ao vivo, tenho todos os vários DVD’s do U2, lançados a cada turnê realizada.

Outro ponto é que essa medida dá ao marinheiro de primeira viagem a oportunidade de conhecer o clássico e, ao mesmo tempo, o que há de mais novo na produção da banda. É assim que “Iron Maiden – En Vivo”, gravado junto a um caloroso público chileno, deve ser visto: uma conferida em como a banda está soando agora para o fã mais antigo e um convite de boas vindas aos que chegam agora.

Vou destacar primeiro o formato físico do álbum. Formato Jewel case, com os dois CD’s guardados em uma peça de plástico ligada a caixa por 2 frágeis peças. Pessoalmente não gostei, pois essas caixinhas sempre quebram na menor falta de cuidado no trato do material (ou quando um primo mais jovem toca na sua coleção de CD’s quando você não está vigiando… Toc toc na madeira). O formato digipack (papel) traria menos preocupação para o consumidor nesse aspecto(embora também tenha minhas ressalvas em relação àquele formato).

O encarte, pra compensar, é super caprichado. Se alguns fãs reclamaram que a capa lembra demais o disco ao vivo de 2002, ao menos o material de dentro não desagrada. Consciente que o material irá atrair não-iniciados, a banda colocou as letras das canções tocadas. Sempre achei um absurdo outras bandas não as colocarem nos seus discos, como se fosse obrigação ter comprado os discos anteriores ou ter computador conectado à internet. Ponto pro Maiden. Cada integrante também tem uma foto sua em destaque, intercaladas por fotos da platéia.

O álbum também se destaca dos demais pelo seu som. Muitos registros ao vivo costumam eliminar ao máximo o ruído do público, mixando demais as canções, dando um aspecto de som gravado em estúdio. O áudio do Maiden tem uma atmosfera embaçada, com ecos produzidos tanto pelo barulho da banda quanto do público. Conheço muitas pessoas que não gostam de álbuns assim. Mas quem vos escreve sempre quis ter um álbum com aquela sonoridade desde que comprou um Engenheiros do Hawaii tantos anos atrás. Em resumo: o álbum traz uma sonoridade que agrada quem goste de álbuns ao vivo, quem procura a atmosfera de uma performance num CD. Alguns gostam, outros preferem um maior trato na mixagem. E assim a vida segue.

O repertório não teria como ser diferente. Alguns fãs reclamam da falta de variação da porção final do show. Mas variar seria como a Cindy Lauper não cantar “Girls Just Wanna Have Fun”. Ou o U2 não tocar “Where The Streets Have No Name” e “One”. Ou o Metallica com “Enter Sandman” e “Master of Puppets”. Canções como “Fear of The Dark”, “The Number of the Beast”, “Iron Maiden” e “Hallowed Be Thy Name” ainda fazem parte do caminhão de frente da banda. E, como dito acima, o clássico ao lado do moderno atrai novos seguidores.

Para quem ainda não estiver satisfeito com a falta de variação no repertório, ou a capa muito semelhante ao “Rock In Rio”, ou a qualquer outra coisa, as palavras de Bruce são bem significativas: “compra quem quiser”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s